11 Dicas para acertar na compra de um carro usado!

Comprar um carro usado é muito comum para quem está financeiramente menos favorável, porém, necessita de um veículo e não tem como adquirir um zero quilômetro. Apesar de ser bem mais acessível, deve-se tomar uma série de cuidados para não ser passado para trás. Por isso, a CarFix separou 11 dicas para acertar na compra de um carro usado! Vamos lá? 1- ONDE COMPRAR? Tenha boas referências. Para qualquer serviço prestado, utilizamos boas referências, seja vinda de amigos, familiares ou internet. A mesma coisa deve ser realizada ao procurar um carro usado para comprar. Busque sempre uma loja indicada por alguém de confiança. 2- ESTADO DE CONSERVAÇÃO Analise o estado físico do carro. Amassados, arranhados e semelhantes podem denunciar o que o veículo já sofreu, como acidentes ou maus cuidados. Esses exemplos, dependendo de sua gravidade, podem ser utilizados para conseguir algum tipo de desconto. Isso se você não se importar com o estado do automóvel. Cheque também o interior, os bancos, as ferramentas.. teste o painel, o rádio, as lanternas e faróis, para que nada fique de fora! Bem como validade do extintor, a chave de rodas, o triângulo, e as condições do estepe! 3- QUILOMETRAGEM É comum que muitos locais que vendem carros usados alterem a quilometragem do veículo para uma menor que a real. Porém, há alguns sinais que você pode identificar caso suspeite que isso tenha acontecido. O estado do acabamento interno é um deles. 4- CHEQUE A AUTENTICIDADE DO MOTOR É recomendado que essa vistoria do motor seja realizada, pois hoje em dia muitas pessoas fazem modificações nos motores para que tenham uma potência extra. Porém, não é suportado e em sua maioria o problema e a causa da venda acaba sendo o motor. 5- VERIFIQUE O HISTÓRICO DA MARCA É necessário saber se o veículo que você quer comprar está na lista dos mais desvalorizados, ou se há reclamações sobre a marca em si com problemas recorrentes. Geralmente, carros que já saíram de linha são um problema na hora da manutenção, pois há falta de peças para o reparo. Leve em consideração se a marca ainda trabalha no país e se contém lojas credenciadas na região. 6- PROCEDÊNCIA DO VEÍCULO Essa parte, acredito ser a mais burocrática, porém, necessária. Para obter mais informações sobre o carro, peça o documento do carro e faça uma pesquisa na internet sobre o mesmo. Alguns sites informam quantos donos o carro já teve entre outras informações cruciais, como multas pendentes ou registros de roubo. 7 – LEVE UM MECÂNICO PARA VISTORIAR O CARRO Por mais que você mesmo tenha conhecimento sobre automóveis, é essencial levar em sua companhia um mecânico de confiança para vistoriar e avaliar um veículo usado. Ele terá um olhar neutro referente ao veículo e conseguirá observar pequenos detalhes que você provavelmente deixaria passar batido. 8- FAÇA UM TESTE DIRIGINDO Se com carros 0 quilômetros fazer um test drive é importante, imagine com um usado. Fazer um teste dirigindo o veículo te dará a impressão de como você se adequará ao carro, se há conforto, se há problemas referentes aos pedais ou câmbio, se faz algum tipo de barulho, suspensão, etc.. 9- NÃO FECHE O NEGÓCIO NA PARTE DA NOITE Essa dica parece boba, porém, necessária. Na parte da noite, você pode ser enganado pela escuridão e deixar passar algum defeito no veículo. Casos como esse já ocorreram, quando a compra é efetuada direto com o proprietário. 10- PENDENCIAS JURÍDICAS Faça uma consulta no Detran para ficar por dentro de algum débito em aberto do veículo. É possível realizar essa pesquisa através de CPF ou CNPJ! 11-NÃO FAÇA NENHUM ADIANTAMENTO EM DINHEIRO É extremamente importante vistoriar o carro e realizar todos os procedimentoscitados acima, sem envolver dinheiro de imediato. Só fale de dinheiro quandofor perguntar o valor e realizar o pagamento, com tudo já devidamentedecidido. E aí, o que achou das nossas dicas? Caso tenha mais alguma para compartilhar, não deixe de escrever aqui nos comentários! Nos vemos no próximo post!